u_1107_53bc99f

domingo, 31 de outubro de 2010

0

quem es?

No infinito dos teus olhos,
No profundo do teu falar,
Na cálida luz do teu sorriso,
Vi a vida a me encantar.

Quanto brilho então houve,
Nos poucos minutos meus,
Quanta música, quantas flores,
Só em pensar nos braços teus.

Agora, porém, pergunto-me:
O que eu fiz para merecer?
Uma visão tão linda,
Uma paixão inaudita,
Que para as naus traz a brisa,
Prometendo o amanhecer.

A espera da tua aurora,
A certeza da primavera do amor,
Fico eu cá sozinha a desejar,
Vislumbrando teu carinho,
Teu fulgor e teu amimar.

Porém, com toda firmeza da alma ,
Digo: És estrela que se eleva,
Cujo trajeto firme e ascendente,
O caminho do afeto tu revelas.
Deixando-me deveras contente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por me visitar e deixar seu recadinho
obrigada pelo seu carinho!
beijinhos a vc!

Visitantes Recentes!

Ocorreu um erro neste gadget